quarta-feira, 5 de agosto de 2015

ALÉM DO TEMPO

















AO OLHAR PELA JANELA
VEJO PASSAR O TEMPO
NUMA VELOCIDADE IMAGINÁVEL
SEM PODER PARAR O PENSAMENTO
QUE VOA
PARA UM TEMPO
NÃO MUITO DISTANTE
ONDE A FAMÍLIA REUNIDA
AO REDOR DA MESA
CONVERSAVA-SE SOBRE O FUTURO
LONGE DE CHEGAR
HOJE A SAUDADE
INSTALOU-SE NO CORAÇÃO
O TEMPO ENCURTOU
PASSOU SEM MARCA
CICATRIZANDO O ESPAÇO
BUSCANDO ALÉM DO TEMPO
A FELICIDADE PERDIDA..... 

ALÉM DO TEMPO

















AO OLHAR PELA JANELA
VEJO PASSAR O TEMPO
NUMA VELOCIDADE IMAGINÁVEL
SEM PODER PARAR O PENSAMENTO
QUE VOA
PARA UM TEMPO
NÃO MUITO DISTANTE
ONDE A FAMÍLIA REUNIDA
AO REDOR DA MESA
CONVERSAVA-SE SOBRE O FUTURO
LONGE DE CHEGAR
HOJE A SAUDADE
INSTALOU-SE NO CORAÇÃO
O TEMPO ENCURTOU
PASSOU SEM MARCA
CICATRIZANDO O ESPAÇO
BUSCANDO ALÉM DO TEMPO
A FELICIDADE PERDIDA..... 

sábado, 25 de julho de 2015

AMOR











NOS OLHOS QUE OBSERVAM

O TEMPO PASSA
COMO A BRISA
QUE CAI SOBRE A GRAMA MOLHADA

SEM TER A CERTEZA
DAS RESPOSTAS
DESTA TRISTEZA
QUE ACALENTA 
O INTERIOR DO CORAÇÃO

UMA DOR SEM DOER
UMA ALEGRIA SEM SENTIR

O SORRISO TREMULO
A BUSCA CONSTANTE
DO INATINGÍVEL

AS HORAS PASSAM
COMO AS GOTAS DA CHUVA
QUE CAI AO SOLO

OS OLHOS LAGRIMEJAM 
SEM ENTENDER
A PROFUNDIDADE DESTE AMOR.

O TEMPO PASSA...........