quarta-feira, 5 de agosto de 2015

ALÉM DO TEMPO

















AO OLHAR PELA JANELA
VEJO PASSAR O TEMPO
NUMA VELOCIDADE IMAGINÁVEL
SEM PODER PARAR O PENSAMENTO
QUE VOA
PARA UM TEMPO
NÃO MUITO DISTANTE
ONDE A FAMÍLIA REUNIDA
AO REDOR DA MESA
CONVERSAVA-SE SOBRE O FUTURO
LONGE DE CHEGAR
HOJE A SAUDADE
INSTALOU-SE NO CORAÇÃO
O TEMPO ENCURTOU
PASSOU SEM MARCA
CICATRIZANDO O ESPAÇO
BUSCANDO ALÉM DO TEMPO
A FELICIDADE PERDIDA..... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário